quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

verdade...

Penso a imortalidade! Como quem pensa os óculos escuros no parapeito da janela. E lá fora a chuva cai depois da trovoada. Penso a solidão. Estar comigo na minha própria ausência e de todos aqueles que amo... Não percebo esta chama que me agonia em horas tão tardias. Hoje esqueci-me de tomar o antidepressivo de propósito, não posso continuar a pensar que não penso...

sexta-feira, 10 de Julho de 2009

mudança de atitude? naaaa!!!


o coordenador do plano tecnológico, carlos zorrinho, defendeu durante o seminário inovação e empreededorismo social, promovido pela (imagine-se) santa casa da misericórdia, que "os portugueses não precisam de mudar de mentalidade para vingarem na economia mundial, precisam apenas de mudar de atitude", acrescentou ainda (imagine-se ao cubo) que "os portugueses têm muito talento e criatividade [!!!] mas normalmente usam-nos para inventarem boas desculpas para não inovarem [ah!]". posto isto, que muito contribuiu para a nossa auto-estima do tipo "somos bons, só que não nos apetece", imagine-se que, segundo o ranking da competitividade do institute for management and development, portugal ocupa uma honrosa 34.ª posição, à frente dos nossos vizinhos espanhóis, mas também de italiano e gregos. é caso para dizer: mudar para quê? bem, uma coisa é certa, tendo em conta que 2009 é o ano europeu para a criatividade e inovação, parece que estamos no bom caminho. mesmo que esse caminho seja feito a uma velocidade estonteante, basta analisar o programa "novas oportunidades" e o balão de oxigénio que tem sido para as universidades a iniciativa "maiores de 23", tudo concluído e misturado, bem haja senhor z.

saúde - sustentabilidade com qualidade?


a proposta apresentada pelo instituto francisco sá carneiro, apresenta a possibilidade dos serviços de saúde virem a ser pagos em função dos rendimentos dos utentes. ainda sem grandes manifestações pré-eleitorais pelos principais partidos, este documento põe o dedo na ferida, que todos pretendem ver esquecida pelo menos até dia 27 de setembro.

para os que não sabem, ou tentam ignorar, o sistema está em bancarota, tendo desperdícios na ordem dos 25%, agora o que todos perguntamos é porque é que temos de pagar mais (uma vez que já fazemos as deduções em vigor). das duas uma ou é para continuar a alimentar o sistema indefinidamente, engordado esses escassos 25% para uns robustos 35%, ou na melhor das hipóteses evitar a médio prazo o colapso do próprio sistema. soluções? tendo em conta o "barulho" manifestado pelos principais partidos, que nisto estão em consenso absoluto, isto é não fazer nada, não as teremos tão cedo. até porque escaranfunchar a ferida costuma doer.

quinta-feira, 9 de Julho de 2009

sete mandamentos


porque estão sempre actualizados, porque fazem sentido num mundo cada vez mais avesso ao sagrado, nunca é de mais relembrar os mandamentos:


1. qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo
2. qualquer coisa que ande sobre quatro pernas, ou tenha asas, é amigo
3. nenhum animal usará roupas
4. nenhum animal dormirá em cama com lençóis
5. nenhum animal beberá álcool em excesso
6. nenhum animal matará outro animal sem motivo
7. todos os animais são iguais mas alguns são mais do que outros

parece-me haver aqui uma certa justiça salomónica, quase divina...

kind of blue


faz 50 anos em agosto que um dos melhores albúns de jazz de todos os tempos foi editado. para quem nunca ouviu, vale a pena gastar os próximos 45 minutos a ouvi-lo, da minha parte digo que é a banda sonora perfeita para este blog ; )